Melhores Práticas

Traduzindo seus manuais de produtos do inglês para o espanhol: Um Guia para Empresas de Tecnologia

Vamos começar do começo. Um manual do produto é um documento técnico que fornece informações detalhadas sobre como usar, operar, montar, instalar e manter um produto. Nós concordamos com isso. Eles podem ser bastante diretos, e às vezes um pouco confusos. Quando a tradução chega, a confusão deve voar pela janela.
Romina C. Cinquemani
8 min
Tabela de conteúdos

Vamos começar do começo. Um manual de produto é um documento técnico que fornece informações detalhadas sobre como usar, operar, montar, instalar e manter um produto. Nós concordamos com isso. Eles podem ser bastante diretos, e às vezes um pouco confusos. Quando a tradução chega, a confusão deve voar pela janela.

Ocasionalmente, essas traduções são atribuídas a engenheiros ou técnicos que não dominam o idioma de destino. Grande erro. Outras vezes, eles são designados para tradutores com falta de conhecimento sobre o assunto. Ainda pior. Tem que haver um equilíbrio. O tradutor profissional responsável deve ter formação técnica, experiência comprovada e olhos de águia para capturar pequenas diferenças entre os significados das palavras.

Desde o Início

O primeiro passo envolve ler o manual de capa a capa. Familiarize-se com os termos e o produto em questão. Antes de começar a traduzir, familiarize-se com os recursos, funções e especificações.

Pesquisa e Criação de Terminologia: Se o cliente não tiver uma base de termos previamente aprovada, compile um conjunto de glossários técnicos e inicie sua própria base de termos bilíngue. Idealmente, deve incluir termos técnicos, siglas e terminologia específica do produto.

Sua melhor opção é pesquisar online em dicionários da indústria, traduções previamente aprovadas e materiais do fabricante.

Como alcançar coerência e tom: Solicite o guia de estilo do cliente para seguir suas indicações em termos de formatação, pontuação, maiúsculas, numeração e tom para consistência. Acredite ou não, às vezes os clientes finais se afastam um pouco das regras gramaticais usuais e estabelecem suas próprias exceções. Seu trabalho é aplicar seus critérios, não discutir. Talvez faça sugestões educadas antes de publicar. Você precisa garantir que sua tradução para o espanhol corresponda ao tom do público-alvo e seja fácil de ler. Deve sempre refletir a voz da marca.

Adaptação Cultural e Regional: Assim como em qualquer documento técnico, você precisará adaptar medidas, moedas, números e referências culturais para se alinhar com diferentes regiões de língua espanhola.

Claro e direto: Em textos técnicos, as frases devem ser concisas e simples. Eles precisam transmitir um significado facilmente compreensível. Use linguagem clara e direta para explicar conceitos complexos. Seja tecnicamente preciso.

Para garantir clareza, sempre é útil escrever frases curtas. Em seguida, divida frases longas e use marcadores ou listas numeradas para instruções e etapas de procedimentos.

Auxílios Práticos para sua Tarefa

CAT Tools, amigos do campo técnico: qualquer software de tradução confiável será seu maior aliado em termos de consistência. Use-os da melhor maneira possível.

Conformidade com Regulamentos Legais e de Segurança: Você deve verificar se todas as instruções de segurança, avisos, advertências e informações regulatórias incluídas estão em conformidade com as normas espanholas. Não hesite em buscar assistência jurídica, em caso de dúvida.

Apoio visual: Sempre lembre-se de traduzir o texto que acompanha os diagramas, gráficos e imagens mantendo consistência com o corpo do documento. Certifique-se de que todos os rótulos, referências e legendas traduzidos sejam legíveis e alinhados com o recurso visual correspondente.

Revisão e Edição: Assim como em qualquer outro tipo de tradução, aplique várias rodadas de revisão e edição para detectar e eliminar erros de ortografia, erros de gramática e quaisquer inconsistências. Use a funcionalidade de verificação ortográfica e contrate um revisor nativo de língua espanhola para procedimentos de garantia de qualidade.

Teste final do usuário e feedback: É sempre uma boa ideia testar o manual traduzido com usuários que falam espanhol. Isso fornecerá uma visão sobre a compreensão real e usabilidade. Você poderia capitalizar esta revisão e depois detectar áreas para melhoria.

Formatação e Layout: Mantenha a formatação original, o layout e os elementos de design do manual em inglês na versão em espanhol. Cada caractere e símbolo está lá por um motivo.

Certifique-se de que os títulos, notas de rodapé, fontes, cores e numeração de páginas sejam consistentes e visualmente atraentes. Você não quer uma versão espanhola figurativamente descolorida do documento.

Manter Relevante

Controle de Versão: De maneira geral, os manuais de produtos são emitidos periodicamente com atualizações sobre o próprio produto. Portanto, você precisa aplicar controle de versão para adicionar alterações relevantes em futuras atualizações de traduções.

Documentos técnicos, incluindo manuais de produtos, são um elemento-chave no esquema maior de procedimentos dentro de uma empresa. Material escrito é a espinha dorsal da operação diária e, consequentemente, deve estar completamente livre de erros. Essa é sua obrigação, quando se trata da versão em espanhol. Boa sorte.

Romina C. Cinquemani
Traduza duas vezes mais rápido de forma impecável
Comece
Nossos eventos online!
Webinars

Experimente a Bureau Works gratuitamente por 14 dias.

Integração com ChatGPT
Comece agora mesmo
Os primeiros 14 dias são por nossa conta
Suporte básico gratuito