Tecnologia

Que tipo de pilha de tecnologia de localização eu preciso?

Antes de respondermos a essa pergunta, vamos abordar a divisão de paradigma que existe dentro da pergunta: o paradigma do processo em primeiro lugar versus o paradigma do software em primeiro lugar.
Gabriel Fairman
2 min

Que tipo de pilha de tecnologia de localização eu preciso?

Antes de respondermos a essa pergunta, vamos abordar a divisão de paradigma que existe dentro da pergunta: o paradigma do processo em primeiro lugar versus o paradigma do software em primeiro lugar. Cada paradigma diferente resultará em respostas diferentes e justificativas para essas respostas. Vamos começar definindo esses paradigmas.

O paradigma do processo em primeiro lugar

O paradigma do processo em primeiro lugar considera o processo como algo relativamente imutável. A busca é por uma pilha de tecnologia que se encaixe melhor no processo. O processo geralmente é dividido em componentes menores e cada componente é então mapeado para um tipo de software.

Na abordagem de processo em primeiro lugar, as pessoas em Localização geralmente começam listando seu processo como seus requisitos. Mas esse enfoque de processo primeiro também tem uma grande divisão: pessoas que estão começando a construir sua pilha de tecnologia do zero e pessoas que já têm sistemas para vários de seus processos em vigor.

Vamos começar examinando pessoas que estão construindo do zero, assumindo que elas têm pelo menos uma ferramenta de tradução assistida por computador (CAT) à disposição. Então, por exemplo, vamos começar com este processo como exemplo:

  1. Solicitantes fazem pedido por e-mail
  2. Gerentes de Projeto se reúnem com os stakeholders para discutir os requisitos
  3. Os Gerentes de Projeto preparam os ativos para a cotação
  4. Os gerentes de projeto carregam os ativos na ferramenta CAT
  5. Os Gerentes de Projeto baixam o arquivo de log e geram uma cotação com base no arquivo de log
  6. Os interessados aprovam o orçamento
  7. Os Gerentes de Projeto preparam os ativos e enviam arquivos, memória de tradução e kit de glossário para os tradutores
  8. Os tradutores concluem a tarefa em suas próprias ferramentas de tradução assistida por computador (CAT)
  9. Os tradutores enviam os arquivos de volta para os Gerentes de Projeto
  10. Os Gerentes de Projeto avaliam os ativos
  11. Os Gerentes de Projeto entregam os ativos de volta aos interessados

É comum as pessoas dividirem seu processo em categorias: gestão de negócios, gestão de tradução, contabilidade, comunicação, gestão de qualidade, conectores. Neste contexto, a CAT tool é o componente de software fundamental em qualquer pilha tecnológica. Sem ela, você não será capaz de aproveitar o conhecimento na forma de memória de tradução e bases terminológicas.

O paradigma de software em primeiro lugar

O paradigma de software em primeiro lugar olha primeiro para os diferentes softwares disponíveis no mercado e depois tenta construir um processo eficaz que aproveita o que cada software faz.Os outros componentes da pilha de tecnologia são normalmente adicionados à ferramenta CAT. Uma grande atualização, por exemplo, seria adicionar um sistema de gestão empresarial como o Plunet ou XTRF para acompanhar os diferentes recebíveis e pagamentos em cada projeto, bem como o status do projeto, propriedade, fornecedores, etc... Em seguida, você pode pensar em adicionar um software de gerenciamento de qualidade como o Content-quo, pode usar um software intermediário para integrar seus conectores, adicionar um software de contabilidade como o Xero ou Quickbooks e pronto! Você está pronto. Literalmente pronto. Agora você tem uma pilha de tecnologia, mas a pergunta permanece: qual é a maneira mais simples e eficaz de gerenciar suas traduções de forma previsível? Com todos esses softwares diferentes que você está considerando:

  • Altas taxas de licença,
  • muita sobrecarga de engenharia para manter todas essas plataformas diferentes funcionando,
  • muita ida e volta com diferentes equipes de suporte e
  • o processo intensamente frustrante de tentar conectar sistemas que fundamentalmente não foram feitos para se conectar uns aos outros.

Lição #1

Ter uma pilha de software que cubra todas as necessidades do seu caso de uso, em termos de recursos e compatibilidade de caso de uso, não garante que você terá uma infraestrutura de software eficaz em funcionamento. Manter as coisas simples, enxutas e fáceis de gerenciar tem um impacto imenso na sua gestão geral ao longo do tempo. Como uma evolução desse paradigma, muitas empresas optam por utilizar um sistema de gerenciamento de tradução, como o Memsource, MemoQ, Trados ou outros. E embora os sistemas de gerenciamento de tradução sejam ótimos e ofereçam uma integração mais perfeita com tradutores, memórias de tradução, gerentes de projetos e clientes, você ainda fica preso com o restante da pilha de tecnologia que não será obsoleta. E aqui vem o ponto crucial:

Lição nº 2

Existe um abismo entre o software destinado a automatizar e acomodar. A maioria das pessoas que encontro procura um software que acomode um caso de uso. Consequentemente, elas geralmente precisarão de uma combinação de diferentes softwares para acomodar as diferentes dimensões de seu caso de uso e, o mais importante, elas preferirão software com muitos campos personalizáveis e flexibilidade de entrada de dados. Por exemplo:

  • Eu quero um campo para o tamanho da camiseta do meu tradutor
  • Eu quero um campo para o aniversário do meu cliente
  • Eu quero poder inserir taxas diferentes para o fim de semana e para a noite
  • Eu quero poder cobrar por palavra, por frase e por parágrafo

Você entendeu a ideia. Você pode enlouquecer com o que gostaria que seu software pudesse acomodar e, de muitas maneiras, estaria certo em fazê-lo. Mas, por outro lado, você poderia reconsiderar a relevância de todos esses requisitos e focar nos conceitos mais básicos e abstratos que você está tentando alcançar, por exemplo:

  • Minimizar tempo de lançamento
  • Minimizar a intervenção humana
  • Maximizar o envolvimento do cliente
  • Maximizar ferramentas de governança de qualidade

Quando você olha para o quadro geral, esses requisitos específicos e rigorosos se tornam ideias mais suaves e menos exigentes. A imagem então muda e um software como Bureau Works se torna muito atrativo.

Dê à luz ao novo

Bureau Works foi construído para lidar com o fluxo de trabalho de localização de ponta a ponta, incluindo:

  • Cotação/escopo,
  • Memória de tradução,
  • Gestão de conteúdo,
  • Distribuição automática de trabalhos para tradutores e outras partes relevantes,
  • Contas a pagar e receber,
  • Gerenciamento de qualidade.

Você pode substituir 5 componentes de software diferentes pelo Bureau Works:Adeus, Sistema de Gerenciamento de Tradução, adeus Sistema de Gerenciamento de Negócios, adeus Sistema de Gerenciamento de Qualidade, Olá Bureau Works! :) Obviamente, o Bureau Works, embora integrado às diferentes necessidades do usuário, não é uma panaceia definitiva para todas as suas dores. É ótimo se você está procurando eficiência máxima e não está procurando trabalhar com exceção após exceção como regra. Como um software automation-first, o Bureau Works foi projetado para manter os campos e a entrada de dados manuais ao mínimo. Portanto, não é um ótimo software se você deseja um campo para o animal de estimação favorito do seu tradutor ou se deseja adicionar manualmente quantos campos forem necessários. Também não é uma ótima opção se você deseja manter seus tradutores trabalhando na ferramenta CAT que eles preferem (embora seja possível) e se você está procurando maximizar o número de membros da sua equipe e a necessidade de trabalho manual.

Mas é isso que realmente importa: o porquê?

Você está procurando um software para manter o status quo ou está procurando um software que permitirá redesenhar fundamentalmente a forma como você trabalha? Essa pergunta muda tudo. Embora intimidante e aparentemente arriscada, a abordagem de redesenho abre possibilidades infinitas se perseguida implacavelmente. Também é válido manter as coisas como estão e montar um quebra-cabeça de sistemas para cobrir esse caso de uso.É como construir uma casa pensando nos requisitos passados versus construir pensando nas possibilidades futuras. Embora eu não acredite que exista uma abordagem categoricamente correta, é uma questão de ter clareza sobre onde você está para não acabar inadvertidamente em algum lugar no meio do caminho.

Experimente a Bureau Works gratuitamente por 14 dias.

Integração com ChatGPT
Comece agora mesmo
Os primeiros 14 dias são por nossa conta
Suporte básico gratuito