Um jornalista poliglota, em particular, viralizou na internet por cobrir o evento em Tóquio em nada menos que seis idiomas diferentes.

O correspondente internacional da agência AP News, Philip Crowther, tornou-se assunto das redes sociais após publicar um vídeo em que aparece falando alemão, luxemburguês, espanhol, português e inglês para vários canais de televisão ao redor do mundo. 

O repórter multilingual transmite para a emissora norte-americana PBS, a DW alemã e a EuroNews francesa, que transmite notícias em pelo menos 16 idiomas diferentes.

Jornalistas de todo o mundo têm coberto jogos e partidas 24 horas por dia, então nenhum fã de esportes deve perder nada sobre o que está acontecendo na capital japonesa.


Quem é o jornalista poliglota?

Filho de pai britânico e mãe alemã, Filipe tem 40 anos e nasceu em Luxemburgo, um país europeu cujas línguas oficiais são luxemburguês, francês e alemão. Ele está atualmente em Tóquio cobrindo o evento, mas ele é um correspondente internacional na Casa Branca, a sede do poder executivo dos EUA, em Washington, DC.

“Aprendi a falar luxemburguês com meus amigos, e aprendi francês muito cedo, na escola. Na faculdade, adicionei espanhol e português”, explicou, em entrevista à emissora norte-americana ABC.

Philip também falou sobre suas experiências como repórter correspondente, seus hobbies fora do trabalho, e os métodos para aprender tantas línguas ao longo dos anos.

“Em casa, meu pai sempre falava inglês e minha mãe respondia em alemão”, diz o poliglota. Segundo ele, os jovens que estudam no país costumam falar quatro línguas, incluindo francês e inglês, ensinadas a partir dos 10 e 12 anos, respectivamente.

A partir dos 14 anos, começou a aprender espanhol e se tornou fluente quando se mudou para o Barcelona aos 20 anos. No ano seguinte, ao entrar em uma universidade em Londres, decidiu que seria uma boa ideia aprender português. “Mas para mim, o francês foi o mais frustrante porque foi a primeira língua aprendida fora de casa e com uma gramática que não é muito lógica.”

Depois de se formar em Estudos Hispânicos pelo King’s College London, o jornalismo surgiu por acidente. 

polyglot-jounalist

Três anos de experiência em Paris pouco depois levaram à sua posição atual como correspondente da Associated Press em Washington, DC. “Tivemos a ideia de oferecer meus relatórios em vários idiomas em grandes eventos, como agora em Tóquio, e dessa forma eu posso fazer muito trabalho”, resume o jornalista poliglota.

Seu talento é especialmente benéfico nos bastidores ao se comunicar com moradores em vários destinos. “ Tenho muitos amigos em países diferentes porque posso falar sem um tradutor ao meu lado.”

Desde cedo, o esporte tem sido uma de suas paixões. Seu maior sonho é uma mistura de paixão pessoal e profissional: poder um dia entrevistar o astro do futebol Lionel Messi. “Ele é meu herói. Suas respostas muitas vezes não são interessantes porque ele é uma pessoa privada, então não seria uma grande entrevista, mas eu adoraria conhecê-lo de qualquer maneira.”

Entre as personalidades que Felipe já entrevistou está o lendário jogador de futebol, Pelé. “Ele é provavelmente a pessoa mais famosa e importante que entrevistei na minha vida, quando ele estava em Angola.”

Bem, Philip está definitivamente conectado através da linguagem!

#ConnectedThroughLanguage

Published On: setembro 1st, 2021 / Categories: Social Media /

Book a Free Personalized Demo

Find out what cutting-edge companies are doing to improve their localization ROI

Add notice about your Privacy Policy here.